segunda-feira, 4 de outubro de 2010

# Desafio: Ler livros que eu tanto critico...

Well, well, well...
Venho expecionalmente interromper a sequência de resenhas literárias para comunicar meu mais novo desafio pessoal: ler livros que eu adoro criticar!
Quem me conhece, ainda que um pouco, está cansado de saber o quão eu gosto de criticar livros como "Crepúsculo", e cia. Mas como eu prefiro ser uma pessoa imparcial, e defendo a ideia de que só existe boa opinião se houver bons argumentos, então acho injusto falar tão mal de algo sem realmente conhecer.
Depois de ouvir mais de uma vez: "Marina, você nunca leu tal livro, como pode saber que é ruim?", eu decidi me render aos "best-sellers queridinhos de todos", pra assim poder dar minha opinião com mais propriedade.

E claro que não poderia ser diferente, decidi começar o desafio com "Crepúsculo", de Stephenie Meyer. Se eu vou chegar a ler os outros da saga, ai já é outra história...
E fiz duas promessas à uma amiga minha fã da saga:
1 - ler SEM preconceito!
2 - se eu gostar, terei que dar o braço a torcer.

Como adoro conhecer de tudo, ainda que seja pra criticar depois, acredito que esse desafio será interessante!
Porém, provavelmente demorarei um pouco pra concluir essa primeira etapa, pois não deixarei de ler os livros que realmente me interessam e só "de vez em quando" pegarei outros pra ler.

É isso ai por enquanto, até a próxima :)

7 comentários:

Aline Magalhães disse...

IAUSHIAUSHIAHUS'
Adorei isso :D Realmente, a gente critica sem nem conhecer... E depois de "Crepúsculo", que tal ler "Para Sempre" :D kkkkk' Se bem que, "Para Sempre" em comparação a "Lua Azul" é meio paradinho, porque eu só fui dizer que AMO a série depois que li Lua Azul \o/
Enfim... boa leitura :D

xoxo -Maggie
Books & All Star

Marina Risther Razzo disse...

haihauahuaihiahauihuihu!
Tá anotada a sugestão ;)
Vou parar de chamar livros de "ruins" antes de ler hahaha!

Bjosss e brigada pelo comentárioo :)
;***

Leonardo Mendes disse...

Puuutz, depois de ler Tolkien ter que ler Stephenie Meyer é um assassinato.
Já sou obrigado a ver os filmes da saga por causa da minha namorada, mas daí a ler o livro é d+++.
Boa sorte...hehe

Marina Risther Razzo disse...

Sabe que eu já to quase desistindo? ahuiahauihaihaui
Li o primeiro capítulo e quase morri de tédio...
hahaha! preciso de sorte mesmo :)

Leonardo Mendes disse...

Tem que ser guerreira, incorporar o espírito "crepusculete" e ir até o final agora, mesmo porque agora você vai ter que dizer o que achou do livro, não que vá me convencer a ler caaaaaaso goste... hehe

Alex disse...

Sugiro que faça o contrário. Em vez de ler os livros mais vendidos, leia os que não são vendidos, falo dos grandes: Borges, Machado, Faulkner, Kafka (também estudou direito e escreveu a obra “O processo”), entre outros. Ninguém sai impune destas leituras, que muitas vezes são consideradas difíceis, pedantes e chatas pelo grande público. Leituras que sobrevivem a margem, quase clandestinas.

Abraços.

Marina Risther Razzo disse...

Oii Alex! Esses livros eu já leio, mesmo os que não li ainda, eu tenho em casa ou pelo menos estão na minha lista dos próximos pra ler. Pra mim eles não são um desafio, leio com prazer, mesmo sendo considerados chatos pela maioria. Crepúsculo sim é um ENORME desafio pra eu ler, e esse sim eu acho terrivelmente chato, tanto que empaquei no primeiro capítulo e sinceramente estou começando a achar que dele não vou mais sair hehe.

Abraços.

Postar um comentário