terça-feira, 5 de outubro de 2010

O Hobbit - J.R.R Tolkien

  • Editora: WMF
  • Autor: J.R.R. TOLKIEN
  • Ano: 1937
  • Número de páginas: 298 
Sinopse:  Prelúdio de O Senhor dos Anéis, O Hobbit conquistou sucesso imediato quando foi publicado em 1937. Vendeu milhões de cópias em todo o mundo e estabeleceu-se como um clássico moderno e um dos livros mais influentes de nossa geração.

A estória narra o longo e perigoso trajeto de um hobbit chamado Bilbo Bolseiro (tio de Frodo, um dos principais protagonista do clássico O Senhor dos Anéis). A viagem é repleta de aventuras das quais ele desgota até a Montanha Solitária em busca do tesouro roubado pelo dragão Smaug anos atrás. Tudo começa num dia inesperado em que Bilbo recebe a visita de Gandalf com 13 anões, entre eles Thorin Escudo-de-Carvalho - cuja família teve roubado o tesouro. Alguns dos feitos narrados em O Hobbit influirão nos acontecimentos posteriores de O Senhor dos Anéis).


   Desde que li "O Silmarillion", e ainda mais agora que li "O Hobbit", fico me perguntando por qual motivo demorei tanto tempo para me render ao mundo de Tolkien. Que os livros dele são extremamente detalhados - isso é um fato. Que muitas vezes possuem uma leitura cansativa - também confere. Mas independente disso, Tolkien nos faz viajar por um novo mundo, repleto de criaturas simpáticas como os hobbits e os anões, e outras nada carismáticas como os orcs e os trolls. Um mundo onde a partir do momento que você entra, não quer mais sair.

John Ronald Reuel Tolkien
1892-1973
    Como dito na sinopse, o livro narra a viagem de Bilbo Bolseiro, um hobbit, junto com 13 anões (Dwalin, Balin, Kili, Fili, Dori, Nori, Ori, Oin, Gloin, Bifur, Bofur, Bombur e Thorin Escudo-de-Carvalho) , em busca de um tesouro roubado pelo dragão Smaug. Nessa viagem eles se encontram com elfos, travam brigas com orcs e trolls, ganham algumas inimizades e amizades. Mas sem dúvida um dos fatos mais importantes do livro é quando Bilbo encontra o Um Anel e conhece a criatura Gollum (o Sméagol). Na minha opinião aliás esse é o melhor capítulo do livro.Durante toda a história ele é obrigado a utilizar o anel para salvar a si e seus amigos das mais complicadas situações.

    Apesar de, sendo um livro de Tolkien, ser obviamente recheado de detalhes e descrições, "O Hobbit" é milhões de vezes mais fácil de ler do que "O Silmarillion". A história é mais simples e possuem poucos personagens (diferente de "O Silmarillion", onde você até se perde com tantos nomes). A leitura é fácil, porém pra alguns pode ser um pouco cansativa.

   "O Hobbit" é um livro pra todas as idades. Pode ser apreciado por um adulto assim como por uma criança. A forma como Tolkien narra é excelente. Em certos momentos ele fala diretamente com o leitor, o que torna a leitura muito mais agradável.

    Conheço muitas pessoas que não gostam muito dos livros de Tolkien,
mas todos têm que pelo menos admitir que ele é um mestre. Ele me conquistou definitivamente. Já não vejo a hora de ler a famosa trilogia de "O Senhor dos Anéis"

É isso ai, desculpem se o post parece meio "corrido" mas estou, pra variar, com falta de tempo. :)

Até a próxima ;****
  

6 comentários:

Angélica Roz disse...

Oiii, adorei O Hobbit! Aventura do início ao fim! Adorei conhecer o seu blog. :) Depois apareça no meu, estão rolando algumas promoções... Bjsss

Eliane disse...

Oie, eu não li o Hobbit, li O Senhor dos Anéis e pulei muitas partes, porque realmente é cansativo. Acabei assistindo os filmes, que gostei muito. Meu filho de 15 anos é que já leu O Senhor dos Anéis duas vezes e o Hobbit, e o Silmarilion. Ele ama essa histórias. Beijos

Shini disse...

Também fiquei com vontade de ler agora hehehehe

Angélica Roz disse...

Oii, passando para ler as novidades. :) Estou te seguindo também, hihi. :) Bjooo!

Lucas disse...

Com certeza vou ler todas as obras do Tolkien, alias na minha opiniao todos deveriam ler os livros antes de assistir aos filmes(no caso da trilogia Senhor dos Aneis). Digo isso pois nos faz ficar mais atentos aos pequenos detalhes do filme, e com isso aproveitar mais o conteudo. Claro que é impossivel colocar um livro de 400 paginas em um filme, existem muitas produçoes baseadas em livros que simplismente acabam com a beleza da obra, pois é extremamente dificil de se adaptar. Porem, com toda a certeza eu tambem recomendo a leitura dos livros do Tolkien, na minha opiniao é o mestre da ficçao. Finalizando com chave de ouro, assistam os filmes para complementar.


abraços

Kel disse...

Não li o Hobbit ainda, mas não vejo a hora. Gostei muito da sua resenha. valew.

Postar um comentário